Casa ou apartamento: como decidir?

Dicas-Busca 6 de agosto de 2021

Se você mora sozinho, com família, companheiro ou amigos, a dúvida vem de qualquer jeito: qual o melhor lugar para morar? Casa ou apartamento? É verdade, que especialmente nos grandes centros urbanos, os apartamentos acabam sendo opções mais seguras, mas o espaço de uma casa é imbatível. E agora?

Esses dois tipos de imóveis são bem diferentes, e variam de acordo com as preferências do que cada comprador ou locador precisa no momento. Primeiramente, é preciso avaliar a sua capacidade financeira, já que o investimento precisa estar no seu orçamento sem causar problemas.

Depois de organizadas as finanças, é preciso ver também o seu plano de vida a curto/médio prazo, como;

– Se você tem ou pretende ter filhos em um futuro próximo;

– Se você tem ou quer muito ter bichinhos de estimação;

– Se você quer morar sozinho ou acompanhado

São planos que nem sempre conseguimos mensurar, mas tendo em vista que eles podem acontecer, aí você pode se preparar melhor. Por exemplo, enquanto casas são mais indicadas para famílias maiores, apartamentos costumam ser a escolha para pessoas solteiras, casais jovens, ou quem trabalha mais tempo fora do que dentro do ambiente domiciliar.

Vamos indicar algumas vantagens e desvantagens, que podem auxiliar no processo de decisão, vamos lá?

CASA

Vantagens

– Liberdade de escolha, já que não existem condomínios em casas separadas, somente vizinhos em outros terrenos

– Privacidade

– Menos barulhos, menos costume com hábitos dos outros

– Mais espaço para distribuir cômodos como quiser

 

Desvantagens

– Segurança com alarmes, cadeados e portões, por sua conta

– Manutenções exclusivas

– Localização, já que geralmente casas ficam em pontos mais distantes da cidade

 

APARTAMENTO

 

Vantagens

– Praticidade por conta da infraestrutura dos prédios

– Mais segurança com recursos como portarias, câmeras de vigilância e outros benefícios, além de ter moradores próximos

– Facilidade de manutenção e limpeza, pelo espaço ser mais compacto e com cômodos distribuídos de maneira mais uniforme

Desvantagens

– Presença de pessoas desconhecidas no condomínio, por conta do fluxo de entrada e saída

– Menor espaço privativo dentro da área total do apartamento

– Respeitar regras e combinações determinadas que talvez não combinem com o seu estilo de vida

– Pagamento de condomínio, que pode extrapolar seu orçamento

Como dá para perceber, no fim das contas, você tem que decidir com base no que permite mais liberdade para a sua morada, afinal, é lá que você vai ficar em seus momentos de folga, lazer, e rotina. Esperamos que agora, com essas dicas, você escolha com sabedoria, e claro, no nosso buscador.

SITE PARA IMOBILIÁRIAS LEAD LINK